Naturopatia


O termo Naturopatia é usado há muito tempo para definir uma prática mais antiga ainda. No fundo a Naturopatia é um sistema de medicina (quer se queira quer não), do mesmo modo que a medicina convencional, termo que imediatamente relacionamos com as praticas médicas correntes e com o sistema nacional de saúde por exemplo. Os princípios da Naturopatia centram-se na manutenção da saúde e na prevenção das doenças. Na naturopatia faz mais sentido trabalhar para manter a saúde que recuperar de uma doença.

A Naturopatia é mais do que uma simples terapia, ela engloba toda uma concepção existencial, partindo do pressuposto de que a cura de um distúrbio orgânico e/ou emocional não vem apenas dos mecanismos fisiológicos, mas também de algo maior, que os pesquisadores costumam chamar de força vital, a qual se refere ao poder restaurador do funcionalismo corporal. Quanto mais fortalecido se encontra o corpo, melhor seu potencial de resistência às enfermidades. Esta vitalidade superintende a atuação de todas as terapias complementares, portanto é fundamental para a Naturopatia.

Esta filosofia de vida se alicerça, assim, na crença de que o organismo tem a capacidade latente de curar a si mesmo, ao se libertar das substâncias venenosas que invadem o corpo, por meio de nós mesmos, dos costumes prejudiciais conquistados a cada passo da jornada humana. A prática do naturopata se resume no resgate do equilíbrio corporal, através do incentivo às atitudes de defesa natural de nosso corpo.

A Naturopatia faz com que as pessoas adoptem uma nova filosofia de vida onde a alimentação tem um papel extremamente relevante.
Uma boa alimentação agregada ao bom funcionamento dos emunctórios e, recorrendo a programas adequados atinge-se o equilíbrio orgânico aumentando-se o bem-estar das pessoas. Também é fundamental conhecer o historial do paciente para que se entenda as reais necessidades.

Ligue o 21 411 55 29 (rede fixa) ou 91 500 53 22 (rede móvel) e marque a sua terapia.